sexta-feira, 23 de julho de 2010

Será que alguém pode jogar em dois times?

Gosto dos produtos da Microsoft, como Windows Server 2008, Windows 7 e outros, mas também gosto do Debian e do Ubuntu, será que posso?

O meu Universo, ou melhor, meus clientes, exigem que ora eu dê suporte em Linux, ora em Windows e este foi e é até hoje o que mais me motiva e me desafia, o que talvez no olhar ideológico de alguns amigos posso parecer um "espião", mas me perdoem, eu gosto é de tecnologia, e isso me credencia a poder participar não só de um time, mas de uma seleção, ou seja, posso jogar no São Paulo ou no Santos, mas se fosse o caso de uma convocação, o meu time seria a seleção, certo?

Falo isso porque esta semana estive no FISL (Fórum Internacional do Software Livre) que é realizado anualmente em Porto Alegre-RS acompanhando algumas palestras, e encontrando amigos que muitas vezes se surpreendem ao me ver por lá, inclusive o Jon Maddog. Apesar de ter participado desde o 1º ao 5ºFISL, depois de um tempo consegui (devido a falta de tempo) só retornar este ano no 11ª FISL, que por sinal precisa passar por algumas adequações (se comparado aos outros anos) na minha modesta opinião.clip_image002

Por outro lado, já faz algum tempo que venho participando ativamente da Comunidade Microsoft, onde também tenho grandes amigos, inclusive participando de webcasts, treinamentos em MICs e claro, só neste ano já foram mais de 12 eventos palestrando por todo Brasil, o que já consegui passar a marca dos milhares de participantes, somente até este mês.

Mais uma vez, me perdoem os idealistas, mas eu sou de INTEROP!

sexta-feira, 9 de julho de 2010

Teched - Microsoft 2010 - Interoperabilidade

[clip_image002[5].jpg]

Esta semana recebi um convite da Microsoft para realizar duas palestras no www.teched.com.br, o maior evento da Microsoft no Brasil, primeiramente quase "explodi" de alegria, mas depois parei para refletir a grande "missão" que tenho pela frente.

A missão é grande porque vou falar de Linux e Windows, isso mesmo, Linux no Teched. Este ano teremos tracks de INTEROPERABILIDADE, ou seja, vamos juntar mundos antes distantes, mas agora, mais juntos do que nunca, algo INÉDITO no evento.

Quando falamos em INTEROPERABILIDADE, não estamos nos referindo apenas a Windows X Linux, Linux X Windows, mas a INTEROP num todo, MAC X Windows, linguagens de programação e toda forma de integração.

Mas por que teremos Linux em evento da Microsoft? A Microsoft já selou vários acordos, o mais conhecido foi com a distribuição SUSE LINUX, e mais, muitos desenvolvedores e profissionais de infraestrutura já estão encontrando no cenário de seus clientes, produtos proprietários e open source e nada mais inteligente do que trazer informação de como interoperar tudo isso.

Uma das minhas palestras será realizada em parceria com meu amigo Marcos Amorim (@marcosmamorim), grande conhecedor do mundo open source e mantenedor do projeto que gosto muito chamando Thinstation. Resumo da Track:

Track: INT - Interoperabilidade
Sessão: INT302
Nível: 300
Título: Autenticando estações Windows no OpenLDAP e estações Linux no Active Directory
Descritivo: Nesta sessão será apresentado as técnicas de autenticação de estações e servidores Windows em ambiente com OpenLDAP
Palestrante(s): Marcos Amorim; Andre Ruschel

Na outra palestra, vamos "migrar" aplicações Linux para Windows. Resumo da track:

Track: SRV - Windows - Servidores
Sessão: SRV309
Nível: 301
Título: Migrando aplicações do Linux para Windows
Descritivo: Saiba como você pode migrar aplicações do Linux para ambiente Microsoft, através de dicas, truques e muitas demonstrações práticas.
Palestrante(s): Andre Ruschel

Espero todos vocês no www.teched.com.br e tenha certeza que será um grande sucesso!