sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

PPT Palestra na Campus Party 2011

Eu havia ficado devendo o PPT da minha palestra na Campus Party sobre TI Verde e o Thineco "Computador de Papelão". Bem agora todos podem rever.

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Interop na Revista PNP - Windows Server 2008 R2 e Ubuntu

clip_image002

Foi publicado na Revista Pnp nº 19 (www.revistapnp.com.br) deste mês um artigo muito bacana que mostra como integrar um Servidor Windows Server 2008 R2 e estações Linux, no caso o Ubuntu.

Além de fazer toda a autenticação é mostrado como acessar arquivos no servidor Windows a partir da estações Ubuntu, onde é montado o diretório automaticamente conforme o usuário que se loga.

Vale a pena conferir!

www.revistapnp.com.br

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Road Show Microsoft foi um sucesso

Este ano o Road Show Microsoft que foi realizado ontem em Porto Alegre foi bastante especial para mim, reuni uma caravana de Santo Ângelo, e aproveitando as férias dos meus filhos, Alexandre e Eduardo, tive o prazer de levá-los comigo para conhecer um pouco do que é Comunidade Microsoft, para quem sabe um dia serem também profissionais de TI.

O evento foi muito bacana, contando com duas tracks, uma para desenvolvedores e outra para Profissionais de infraestrutura, e apesar da chuva forte que caiu em Porto Alegre, o pessoal compareceu em massa.

Aproveito para parabenizar toda a equipe da Microsoft que esteve no Road Show, apresentando muitas novidades de deixando o público bastante interessado no que vem por aí.

clip_image002clip_image004clip_image006

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Ranking de Green IT do GreenPeace

image

Empresas de eletrônicos prometem aparelhos livres de substâncias perigosas, com reciclagem e descarte seguro. No Guia de Eletrônicos Verdes, nós fiscalizamos.

A lista mostra as empresas mais verdes. Em primeiro lugar a Nokia e em último a Nintendo.

7.3 Nokia – Permanece em 1° lugar, perdendo pontos em relação à última edição por não apoiar uma legislação mais severa para a Restrição a Substâncias Perigosas (Restriction of Hazardous Substances – RoHS, do inglês). Ganha pontos por baixo uso de tóxicos e perde no quesito redução de energia.

6.9 Sony Ericsson – Entra no 2º lugar do ranking graças à boa conduta com tóxicos: é a primeira empresa a obter pontuação máxima em todos os critérios químicos avaliados.

5.3 Toshiba – Traz progressos na eliminação de tóxicos, mas falha em apresentar metas consistentes para maiores diminuições no futuro e por não apoiar novas diretrizes para o acordo de Restrição a Substâncias Perigosas (RoHS). Corre o risco de cair mais caso não cumpra o prazo prometido de apresentar modelos livres de PVC e BRF até abril de 2010.

5.3 Philips – O fraco apoio à revisão de RoHS mantém a Philips no 4º lugar, apesar de sua boa pontuação nos quesitos químicos e energéticos.

5.1 Apple – A subida continua para a Apple, que em três edições passou do 11º ao 5º lugar. Sua melhor pontuação ficou no critério de químicos: todos os seus produtos estão livres de PVC e BFR.

5.1 LG Electronics – Promessas não cumpridas impediram a empresa de subir no ranking. Ter todos os produtos livres de toxinas até o fim de 2010 já não é factível. O novo acordo define que celulares cumprirão a meta. Monitores de TV e computadores terão de esperar até 2012 e aparelhos domésticos, até 2014.

5.1 Sony – Boa atuação em cortes e compensações de emissão de gases de efeito estufa. 75% da linha de laptops Sony Vaio já preenche os principais requisitos de uso energético.

5.1 Motorola – Pequena queda no ranking, graças ao fraco apoio a uma legislação mais rigorosa no acordo de Restrição a Substâncias Perigosas (RoHS) e ao posicionamento pouco definido sobre a completa eliminação de PVC, CRF e BFR no prazo de três a cinco anos.

5.1 Samsung – Queda drástica para a Samsung, que passou de um glorioso 2º para o 7º lugar, penalizada recentemente pelo não cumprimento dos acordos firmados. A empresa prometera eliminar BFR até janeiro de 2010, o que não foi realizado. A nova data é janeiro de 2011, mas somente para computadores estilo notebook. TV e equipamentos domésticos ainda não têm data definida.

4.9 Panasonic – Nada muda para a Panasonic, empresa com boa pontuação em energia, mas fraca em lixo e reciclagem.

4.7 HP – Melhorou de posição graças ao apoio global à redução de emissões de gases do efeito estufa, mas peca pela falta de suporte à nova legislação sobre tóxicos (RoHS).

4.5 Acer – Nada muda para a Acer, que se fortaleceu no apoio à nova legislação de substâncias perigosas.

4.5 Sharp – Perde pontos por não deixar claro seu posicionamento sobre eliminação de tóxicos e nova legislação de químicos.

3.9 Dell – Fraca no critério de energia, a empresa teve pontos retirados também por não cumprir o prazo de fim de 2009 para a eliminação de PVC e BFR. A nova data agora é fim de 2011.

3.5 Fujitsu – A empresa melhorou no ranking por apoiar medidas de redução global de emissões de gases do efeito estufa e por ações mais concretas dentro de casa. Todos os notebooks e tablets lançados atingiram os últimos padrões requisitados de eficiência energética.

2.5 Lenovo – A posição da empresa permanece a mesma, com pontos perdidos graças ao não cumprimento das metas de eliminação de PVC e BFR até o fim de 2009.

2.4 Microsoft – Perdeu pontos pela falta de adesão a uma nova legislação para o uso de substâncias perigosas.

1.4 Nintendo – A empresa segue no mau exemplo, com nenhum ganho de pontos.