sexta-feira, 29 de julho de 2011

Microsoft lançou o Linux Integration components 3.1 para Hyper-V

A Microsoft parece estar cada vez mais preocupada em suportar Linux no Hyper-V, uma vez que , recentemente passou a dar suporte ao CentOS.

Há rumores que em breve dará suporte a Debian e Ubuntu, conforme alguns comentários da Canonical.

Um detalhe interessante do IC 3.1, é que agora temos o KVP Exchange, onde podemos obter algumas informações da VM Linux, como: Nome FQDN, versão do IC instalado, endereço IPV4, e IPV6, versão do kernel e arquitetura do processador.

Para quem desejar testar o IC 3.1, observe alguns detalhes:

Características:

  • Suporte de driver: Linux Integration Services suporta o controlador de rede e os controladores IDE e SCSI de armazenamento que foram desenvolvidos especificamente para o Hyper-V.
  • Fastpath Suporte de Inicialização para o Hyper-V: dispositivos de inicialização agora aproveitar o Cliente Serviço de bloco Virtualization (VSC) para fornecer um melhor desempenho.
  • Timesync: O relógio dentro da máquina virtual ficará sincronizado com o relógio no servidor de virtualização com a ajuda do dispositivo pluggable tempo fonte.
  • Shutdown integrado: As máquinas virtuais rodando Linux pode ser desligado a partir de qualquer Gestor de Hyper-V ou o System Center Virtual Machine Manager, usando o "Shut Down" de comando.
  • Symmetric Multi-Processing Suporte (SMP): distribuições Linux suportados pode usar até 4 processadores virtuais (VP) por máquina virtual. Suporte SMP não está disponível para Linux de 32 bits sistemas operacionais convidados rodando no Windows Server 2008 Hyper-V ou Hyper-V Microsoft Server 2008.
  • Heartbeat: Permite que o servidor de virtualização para detectar se a máquina virtual está em execução e responsivo.
  • KVP Exchange (Pair Valor Key): Informações sobre o funcionamento da máquina virtual Linux pode ser obtido usando a chave de Valor funcionalidade de troca de par no servidor de virtualização do Windows Server 2008.

Recursos ainda não disponíveis:

  • Serviços de integração: Volume de Backup Snapshot
  • Networking: Jumbo Frames e TCP Offload
  • Armazenamento: Hot Add / Remove (VHD e discos de passagem)

Sistemas operacionais suportados pelo cliente:

  • Red Hat Enterprise Linux 6.0 e 6.1 x86 e x64 (até 4 vCPU)
  • CentOS 6.0 x86 e x64 (Up to 4 vCPU)

Para download, acesse http://www.microsoft.com/downloads/details.aspx?familyid=c1256a7f-8a2d-4b18-851c-63b22ca976d3&displaylang=pt-br

sábado, 16 de julho de 2011

Inscrições abertas para o Teched 2011 - Uma experiência única

 

clip_image002

Foi dada a largada para o Teched Microsoft 2011, maior evento Microsoft da América Latina, que tem como palestrantes funcionários da Microsoft, MVPs, especialistas e outros profissionais de referência.

O evento é uma oportunidade única de conversar diretamente com estes especialistas, tirar dúvidas sobre produtos e cenários, além do networking que é algo fantástico.

Este ano teremos algumas sessões sobre:

Se você ainda está em dúvida, o Tiago Everton fez um guia do mochileiro que você pode consultar http://bit.ly/oBStMk

Aproveite ainda o valor promocional e venha para o Teched, garanto que você vai ficar impressionado.

Acesse http://techedbr.cloudapp.net/

sábado, 9 de julho de 2011

Migrando Windows Server 2008 R2 Foundation para Windows Server 2008 R2 Standard (In Place)

O Windows Server 2008 R2 Foundation foi uma forma que a Microsoft encontrou para atender ao investimentos de pequenas empresas e pode ser usado como um controlador de domínio ou servidor do Active Directory. Além disso ele pode também ingressar em um domínio como servidor membro ou controlador de domínio, porém tem o limite de 15 usuários.

Outro ponto interessante que é os forncedores de hardware já vendem o equipamento com o Windows Server 2008 R2 Foundation instalado OEM, poupando serviços a pequena empresa, bastando posteriormente instalar outras funções das quais deseja que este servidor execute.

Algumas destas empresas que compraram o Windows Server 2008 R2 Foundation ampliaram seus negócios e agora possuem mais do que 15 usuários e desejam continuar a usar o mesmo servidor (hardware).

Como fazer? A empresa então pode adquirir o Windows Server 2008 R2 Standard e fazer um upgrade, instalando o novo sistema operacional "in place", ou seja, em cima do Windows Server 2008 R2 Foudantion.

É válido lembar que temos o Active Directory instalado, além de várias GPOs.

Vamos aos procedimentos:

1) Faça um Backup do Sistema, Dados e outros que achar importante

2) Vamos mostar algumas telas do nosso servidor executando o Windows Server 2008 R2 Foudantion SP1

image

3) Console do Active Directory do Windows Server 2008 R2 Foundation

image

4) Diretivas

clip_image006

5) Vamos começar o upgrade > Insira o DVD do Windows Server 2008 R2

clip_image008

6) Faça as atualizações necessárias

clip_image010

7) Escolha o Windows Server 2008 R2 Standard > Next

clip_image012

8) Clique em Upgrade

clip_image014

9) Checando a compatibilidade

clip_image016

10)Informação sobre Compatibilidade. Tome cuidado com os aplicativos que você possui, geralmente você não terá grandes problemas, uma vez que estamos apenas fazendo upgrade de versões.

clip_image018

11) Instalação em andamento.

clip_image020

12) Servidor já com o Windows Server 2008 R2 Standard

clip_image021

13) Active Directory totalmetne funcional após o upgrade.

clip_image022

terça-feira, 5 de julho de 2011

Usando auditoria do Windows Server 2008 R2

A auditoria do Windows Server 2008 R2 é um recurso muito importante onde podemos auditar acesso a objetos, logons, gerenciamento de contas, uso de privilégios e muitos outros.

Para exemplificar, vamos imaginar que queremos verificar qual usuário está tentando se logar usando a conta de outros usuário, ou então queremos verificar que deletou um arquivo na pasta X.

Para verificar quem deletou o arquivo Y na pasta X, vamos aos passos:

1) Clique com o botão direito do mouse sobre a pasta > selecione Propriedados

clip_image002

2) Clique na Guia Segurança > em seguida clique no botão Avançadas

clip_image004

3) Clique na Guia Auditoria > clique em Editar e coloque o Grupo ou usuários que desejar auditar.

clip_image006

clip_image008

4) Marque êxito e Falha

clip_image010

5) Acesse as Ferramentas Administrativas > Gerenciamento de Diretiva de Grupo

clip_image011

6) Crie um GPO > Clique em Editar

clip_image013

7) Acesse Configurações do Computador> Diretivas > Configurações do Windows > Configurações de Segurança > Diretivas locais > Diretiva de auditoria

clip_image015

8) Dê um duplo clique sobre Auditoria de acesso a objetos

clip_image016

clip_image018

9) Selecione Êxito e Falha

10) Acesse Ferramentas Administrativas > Visualizador de Eventos

clip_image020

11) Clique em Localizar > digite DELETE que ele irá procurar todos os eventos que contenham DELETE. Outra dica é o ID do evento que é o 4663.

clip_image022

12) Observe que o usuário Ana > acessou a pasta Office 2010 Beta e deletou a pasta Paraguai as 19:35 horas

clip_image024

segunda-feira, 4 de julho de 2011

Nomeação em MVP Windows Expert IT Pro

clip_image001

Olá Pessoal!

Na última sexta-feira dia 1 de julho recebi um e-mail da Microsoft informando que fui nomeado MVP na competência Windows Expert IT Pro.


Dear Andre Ruschel,
Congratulations! We are pleased to present you with the 2011 Microsoft® MVP Award! This award is given to exceptional technical community leaders who actively share their high quality, real world expertise with others. We appreciate your outstanding contributions in Windows Expert-IT Pro technical communities during the past year.


Quero dizer que foi uma alegria imensa ver um trabalho na comunidade reconhecido com este prêmio.

São muitas pessoas que gostaria de agradecer, mas em especial ao Rodrigo Dias da Microsoft que me apresentou a Comunidade Microsoft no Brasil e ao Fabio Hara, um líder nato desta grande Comunidade.

Não posso deixar de agradecer a todos que participam das minhas palestras, eventos, webcasts, lêem meus artigos e postam seus comentários.

De forma carinhosa, agradeço a minha esposa Viviani, meus filhos Alexandre, Eduardo e Giovana por entenderem e compreenderem a minha paixão pela tecnologia.

Como diz a música "Quem sabe faz a hora não espera acontecer..." seguimos em frente contribuindo com a Comunidade.

Abraços a todos!

André Ruschel