sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Windows Server 2016 – Edições e limites

Lançado oficialmente em setembro de 2016 em Atlanta-USA no evento chamado Microsoft Ignite, o Windows Server 2016 trouxe inúmeras novidades focada cada vez mais em computação em nuvem. A Microsoft quando lançou o Windows Server 2012 já o chamou de “um sistema operacional nascido para a nuvem” e agora no Windows Server 2016 que vem com uma enorme variedade de novos recursos como o tão esperado Windows Server Containers, Hyper-V Containers e Nano Server, que comprovam mais uma vez o foco da Microsoft em computação em nuvem. Vários outros novos recursos também estão presentes no Windows Server 2016 como blindagem de máquinas virtuais, Windows Defender e muitos outros recursos de segurança além de um novo conceito que engloba uma série de funções e para o que chamamos de infraestrutura definida por software.

Mas qual o foco de novo Windows Server 2016? Primeiro, ele segue o mesmo padrão que versões anteriores, e claro traz uma gama de novas funções e recursos que vem contemplar algumas necessidades que com a evolução da computação em nuvem seja em infraestrutura ou em desenvolvimento no novo conceito de DevOps ainda estava deficiente.

Por fim, a Microsoft está chamado o Windows Server 2016 de "um sistema operacional de nuvem para as massas" o que significa que uma empresa de qualquer tamanho pode executar um servidor com o novo Windows Server estando ela usando a nuvem pública ou privada.

Edições do Windows Server 2016

As edições do Windows Server 2016 foram simplificadas para contemplar cada cenário conforme a necessidade do negócio.

Temos as seguintes edições:

Windows Server 2016 Datacenter: Específico para datacenter com foco em virtualização.

Windows Server 2016 Standard: Para cenário de instalação em servidor físico ou pequeno ambiente virtualizado.

Windows Server 2016 Essentials: Para pequenos negócios com até 25 usuários e 50 dispositivos.

Windows Server 2016 MultiPoint Premium Server: Recomendado para vários usuários com acesso a um computador. Recomendado para instituições de ensino com licenciamento acadêmico.

Windows Storage Server 2016: Recomendado para soluções de storage OEM.

Microsoft Hyper-V Server 2016: Hypervisor de uso gratuito.

Praticamente todos os recursos e funções são os mesmos nas versões Datacenter e Standard, porém separamos os que não são comuns entre as duas versões:

Recurso

Datacenter

Standard

Funcionalidade Core do Windows Server

Sim

Sim

OSEs / Hyper-V containers

Ilimitado

2

Windows Server containers

Ilimitado

Ilimitado

Serviço Host Guardian

Sim

Sim

Opção de instalação do Nano Server

Sim

Sim

Recursos Storage incluindo Storage Spaces Direct e Storage Réplica

Sim

Não

Blindagem de Máquinas virtuais

Sim

Não

Pilha de rede

Sim

Não

OSE: Ambiente do sistema operacional

Os limites do Windows Server 2016

Limites

Standard

Datacenter

Número máximo de usuários

Baseado em CALs

Baseado em CALs

Número máximo de conexões

16777216

16777216

Número máximo conexões RRAS

Ilimitado

Ilimitado

Número máximo de conexões IAS

2147483647

2147483647                   

Número máximo de conexões RDP

65535

65535

Número máximo de cores

Ilimitado

Ilimitado

Máximo de memória RAM

24 TB

24 TB

Pode usar máquinas virtuais convidadas? Quantas?

Sim; 2 máquinas virtuais para um host Hyper-V por licenças

Sim; Ilimitadas máquinas virtuais, para um host Hyper-V por licenças.

Server ingressar ao domínio

Sim

Sim

Proteção de rede/firewall

Não

Não

DirectAccess

Sim

Sim

Nenhum comentário: